Domingo, 9 de Abril de 2006

Personalidades

       Por vezes pensamos que conhecemos aqueles que nos estão próximo, mas nos mais pequenos pormenores, verificamos que tal não é verdade. São as irritações incompreensíveis, são os laivos de personalidade que julgávamos inexistentes e nunca pensaríamos que “aquelas” pessoas os pudessem carregar.
       Mas tais “laivos”, ganham contornos de perversidade, quando em contrariedade, se procura ferir/magoar os outros pelos mais variados motivos. Atingindo o apogeu da iniquidade quando se procura ridiculizar perante terceiros, aqueles que em tempos se consideravam amigos/amávamos/amamos.
      Todos nós conhecemos pessoas assim e creio que continuemos a esbarrar com eles no nosso percurso diário. Causas destes comportamentos, não faltarão quem as explique convenientemente, em qualquer dos casos, é sempre frustrante quando acontece.








        PP


publicado por PP às 23:22
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De js a 19 de Abril de 2006 às 16:29
..só que é mais facil encontrar pessoas assim do que o inverso... muitas vezes não nos conhecemos a nós mesmos quanto mais aos outros...
Como eu refiro no Dialogo de Balneário ... todos nós encarnamo a Bola em determinados momentos ... quando alguém nos abraça e beija... por vezes é para seguidamente nos dar um grande pontapé....
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt


De P. a 20 de Maio de 2007 às 20:02
É porque deste motivo. Não achas PP?


Comentar post

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


SAPO Blogs

.Forúm do INSANIDADES

ForumInsanidades

.subscrever feeds